Data de publicação Publicado em: 30/09/2016

DESFILE OKTOBERFEST


O Vasto Verde estará participando do desfile da 33ª Oktoberfest no dia 08 de Outubro (Sábado). Para que você associado possa participar deverá se inscrever junto à secretaria do clube, de segunda a sexta das 13h30 as 20h30 ou por e-mail vvasto.bnu@terra.com.br.




DESFILE OKTOBERFEST

AS VAGAS SÃO LIMITADAS.

O valor da inscrição (pulseira) é de R$ 20,00 por pessoa (sócio) e R$ 25,00 convidado de sócio. Durante todo o percurso do desfile a pulseira deverá estar visível no pulso. A mesma dará direito ao acesso à festa no referido dia do desfile, portando não poderá estar violada.

As inscrições deverão ser pagas até dia 05 de Outubro (quarta-feira) no horário de funcionamento da secretaria, quem não o fizer até a data citada estará com a inscrição cancelada.
A retirada da pulseira será somente no dia do desfile, uma (01) hora antes.

No dia de desfile haverá a disposição um ônibus com saída prevista para as 14h00.

Não esqueçam obrigatório a utilização de traje típico e da pulseira.
Somente poderão desfilar os associados e convidados de sócios que estiverem com traje de acordo com o que determina a organização do desfile, inclusive crianças de qualquer idade.

TRAJE TIPICO DESLIFE OKTOBERFEST
Art. 1º - Ficam aprovados os modelos de trajes típicos a que fazem referência a Lei Ordinária Municipal n°. 7.886 de 10 de setembro de 2013, nos padrões dos dispositivos
seguintes:

Art. 2º - O traje típico masculino deverá ser composto da seguinte maneira:
I - Acessórios: Chapéu e lenço são de uso opcional, mas quando utilizados devem ser típicos germânicos.
II - Camisa: A camisa pode ser de manga curta ou comprida, com colarinho. As cores são opcionais, sempre harmonizando com todos os tecidos do traje.
III - Calça e Bermuda: Os trajes folclóricos alemães possuem calças longas ou até a altura do joelho ou um palmo acima. A Lederhose, originalmente de couro, pode ser confeccionada em outros tecidos, sendo assim considerada bermuda típica germânica.
IV - Suspensório: Este é de uso opcional, mas quando utilizado pode ser preso na calça ou bermuda por botões, atravessado na parte de trás, de couro ou tecidos que combinem com todo o traje.
V - Coletes: Também de uso opcional, quando utilizados, não devem ser apertados demais. Sempre em cores e detalhes típicos germânicos que combinem com o traje.
VI - Meias: São obrigatórias, até a altura do joelho ou um palmo abaixo. Podem ser substituídos por polainas alemãs – canos de meias em tricô – na altura da panturrilha.
VII - Sapatos: Será permitido sapato social fechado, botina/bota fechada, e sapatênis fechado em cores marrom, preto ou cinza, sendo permitido serem em degrade. Cadarço, quando utilizado, do mesmo tom do calçado. Tamanco de madeira, típico germânico, também é aceito.
§1º - Descaracteriza o traje típico masculino o uso de chinelo, sandália, tênis ou calçado aberto; bem como solados claros (fora do tom do calçado) nos sapatos sociais, botinas/botas fechadas e sapatênis; meias de futebol, calça ou bermuda jeans, suspensórios com prendedores (jacarés), camiseta de malha, regata, camisa pólo, óculos escuro, bonés, acessórios, chapéus que descaracterizam o traje típico germânico e boné.

Art. 3º - O traje típico feminino deverá ser composto da seguinte maneira:
I - Acessórios: Tiara florida, chapéu, bolsa e lenço são de uso opcional, quando
utilizados devem ser em modelos típicos germânicos.
II - Avental: Também de uso opcional, quando utilizados devem ir até quatro dedos acima do comprimento do vestido.
III - Blusa: Mangas longas ou curtas, sem deixar o ventre à mostra. As cores são opcionais, sempre harmonizando com todos os tecidos do traje. Quando acompanhadas do colete, o mesmo deve ser típico germânico e também combinando com os tecidos do vestido.
IV - Vestido: Os vestidos ou saias típicas são aceitos com detalhes em renda ou bordado, originalmente longos ou até a altura do joelho, com tolerância de quatro dedos acima dele (sugestão do uso da bombacha - ceroula típica feminina germânica).
V - Meias: De uso opcional, quando usadas devem estar na altura do joelho ou um palmo abaixo. Podem ser substituídos por polainas alemãs – canos de meias em tricô – na altura da panturrilha.
VI - Sapatos: Somente será permitido o uso de sapato social fechado, sapatilha fechada e botina fechada sem deixar os dedos e calcanhar à mostra. Devem ser nas cores marrom, preto ou cinza, sendo permitido serem em degrade. Cadarço, quando utilizado, do mesmo tom do calçado. Tamanco de madeira, típico germânico, também é aceito.
VII – Lederhose: Originalmente masculina, pode ser usada por mulheres, com comprimento variável e tolerância até a metade da coxa. Tradicionalmente de couro, pode ser confeccionada em outros tecidos, sendo assim considerada bermuda típica germânica.
VIII - Suspensório: Este é de uso opcional, mas quando utilizado pode ser preso na calça ou bermuda por botões, atravessado na parte de trás, de couro ou tecidos que combinem com todo o traje.
§1º - Descaracteriza o traje típico feminino uso de chinelo, sandália, tênis, calçado aberto, sneaker, sapatênis, bota cano longo, qualquer tipo de calçado estampado, com franjas e tachas, solados claros (fora do tom do calçado) ou com adereços e acessórios em outras cores; meias de futebol, calça ou bermuda jeans, suspensórios com prendedores (jacarés), camiseta de malha, regata, camisa pólo, óculos escuro, boné, bolsa grande, acessórios e chapéus que descaracterizam o traje típico germânico. Saias ou vestidos acima dos quatro dedos acima do joelho e lederhose acima da metade da coxa.

A não observância de qualquer regra do regulamento constitui infração. A infração será punida com a suspensão da participação do grupo nos desfiles do ano de 2017.
Maiores informações na secretaria do Clube ou pelo telefone 3328-0103 com Adriana, horário das 13h30 as 20h30.